Esta cliente fez a frentista chorar. Mas o chefe a pôs em seu lugar!

Muitas vezes ouvimos a frase que o cliente sempre tem a razão. De verdade, num entorno competitivo, cada um luta de todas as formas possiveis para agradar os clientes habituais e atrais novos. Porém, alguns clientes abusam demais esta frase.

Hoje o time de “CURIOSO” mostra a historia de uma moça que por um tempo trabalhou como vendedora e que sofreu muito com este tipo de cliente. Ela conta sobre os eventos pelos quais teve que passar.

“Há varios anos trabalhei como vendedora numa loja de produtos de papelaria. Na época ainda estava na universidade e nas férias eu tinha um segundo emprego de meio-periodo. No fim do verão, quando os pais preparavam seus filhos para a escola, no trabalho simplesmente não se podia respirar. Até nossos gerentes precisavam atender nos caixas, igual aos vendedores, para acelerar o serviço.

Uma vez uma mãe com sua filha de uns 7 anos reclamou. Estava vestida como para um desfile. A mulher tinha o cabelo tingido de um loiro deslumbrante, seu rosto decorado com maquiagem bem chamativa, e pendurado no ombro uma bolsa de marca famosa.”

“Tendo escolhido todos os produtos, pôs tudo na esteira do caixa em um monte junto com cartões e cupons de desconto. Daí se virou para mim e me disse: `Se encarregue disto´. 

Apesar do comportamento rude dela ter me abalado, não o demonstrei. Sorridente e em tom amistoso, pedí para que separasse os produtos dos cartões e cupons de desconto para que a pudesse servir mais rápidamente. A mulher bufou me ignorando e se fechou no telefone. 

Depois de escanear os códigos de barras dos produtos, comecei a comprovar os cartões. Quase todos eram de outras lojas e quando finalmente achei a certa, estava expirada já a um ano!

Eu amigavelmente informei sobre isso à compradora, dizendo que não podia aplicar o desconto por causa de que o cartão de desconto tinha expirado. Ao ouvir isso, ela ficou furiosa. `O cartão é daqui, portanto aplique o desconto!´ – ela se indignou. E quando novamente e pacientemente expliquei que estava expirada já a um bom tempo, a mulher me ordenou: `Chame seu chefe aqui, não tenho tempo para ouvir este disparate!´

Chamei meu chefe, e enquanto ele chegava a mulher se inclinou à sua filha e com voz doce lhe dice: `Olha querida, é por isso que você tem que ir à universidade para ter educação, assim nunca vai ser uma perdedora como essa que está em pé no caixa´. 

Essa ofença me fez chorar. Estava tão atonita por essa insolência que não sabia o que dizer. Nisso meu supervisor se aproximou e me perguntou o que tinha acontecido. A mãe começou a agitar o cartão de desconto na cara dele e ficou pedindo o desconto. Daí ela, com ar de superioridade, disse que o cliente sempre tem a razão, e por isso queria uma atitude apropriada.

Meu chefe olhou para a mulher por uns segundos e começou a tirar as mercadorias tranquilamente das sacolas e as colocou de volta na esteira do caixa.

´Mas que diabos está fazendo?´ – gritou a mulher. Ao que meu chefe, lentamente e enfatizando cada palavra respondeu: ´Senhora, não vou permitir que permaneça nesta loja e ofenda nossos funcionários. Nós não queremos servir este tipo de cliente, portanto peço que vá embora.´

A cara da mulher se avermelhou e seus olhos de surpresa ficaram enormes. Depois disso ela explodiu numa birra de verdade. Ao sair da loja, saiu gritando para todo lugar: `Meus pés nunca mais pisarão aqui! Agora mesmo vou ligar para seu chefe para que se desfaça de todos vocês imediatamente!!!´ Graças a Deus sua filha se comportou muito melhor que ela.

Meu chefe ao ver que a cliente ia embora, abriu um sorriso. E logo se virou à mim e me disse que podia ir descansar para me tranquilizar…”

É, nem todo mundo tem tanta sorte com seus superiores. Se gostou da história dessa moça, compartilhe com seus amigos!

Comentarios

comentarios

Curtiu este post? Então clique aqui:

Você também pode gostar