Ela salvou da morte de fome a uma criança de dois anos de idade.

É incrível como foi rápida a mudança!

Em janeiro deste ano, estes quadros a seguir literalmente sacudiram a comunidade online. Uma voluntária de um fundo de ajuda às crianças africanas. Anja Loven Ringgrenm, viu a uma criança magricela na rua e decidiu dar um pouco de água para beber. Ao avaliar a condição da criancinha, Anja a levou direto pro hospital!

Ela se supreendeu quando ouviu a história da criança. Dois anos atrás o bebê tinha sido abandonado pelos seus pais na rua pois suspeitavam que fosse um mago e associado com a magia negra. Surpreendentemente, este não é um caso isolado nestes lugares.

O desprotegido “bruxo” teve sorte, porque Anja literalmente o salvou de uma morte terrível. Ela deu o nome de Hope à criança, que em ingles significa “esperança”. No site de sua organização, Anja deixou o seguinte comentário: “Nos meus 3 anos de estadia em Nigeria, tenho visto muita coisa. E estas imágens mostram pelo que estou lutando. A fim de ajudar aos demais, dei tudo que eu tinha.”

Poucas pessoas permanecem indiferentes depois de ver estas fotos, que se espalharam pela internet na velocidade da luz. Muitos deram dinheiro. Graças ao amor e cuidade de Anja, Hope passou a se recuperar e começou a ganhar peso!

Uma grande transformação! Pode se comparar este menino gordinho com aquele debilitado que Anja encontrou no meio da rua.

Agora bem, este é um bom e feliz menino que vive a vida ao máximo. Aqui está no colo de David, marido de Anja que também está involvido no trabalho de caridade, assim como na formação e desenvolvimento de crianças nigerianas.

Logo o menino será operado para eliminar uma malformação congênita, e estará completamente saudável. Agora ninguém mais pode chamá-lo de bruxo!

Graças a pessoas como Anja e David, as crianças africanas tem uma oportunidade de salvação. Compartilhe esta história com outros para que possam ver as incríveis mudanças que aconteceram com Hope.

Comentarios

comentarios

Curtiu este post? Então clique aqui:

Você também pode gostar