Ela tirou uma foto com um desconhecido na rua. Um minuto depois ele pôs em sua mão ISTO…

Este era um dia como qualquer outro para Morissa dos Estados Unidos, que trabalha como garçonete numa cadeia de restaurantes de comida rápida. No estabelecimento lotado a moça viu um homem barbudo e estranho, sentado na calçada. Em vez de passar reto por ele, ela chegou perto dele e começou a conversar. Literalmente uns minutos depois aconteceu um milagre que mudaria a vida de ambos.

A moça compartilhou a história no Facebook, publicando uma nota em sua página. A redação de “CURIOSO” publica com prazer para vocês a carta de Morissa, para que vejam que a humanidade não está totalmente perdida.

“Hoje à caminho do trabalho, olhei no retrovisor e vi a este homem, sentado na calçada do outro lado da rua. Ele se chama Rick. Fui até ele e perguntei se estava tudo bem. Ele disse que ‘não’ arrastando as palavras, abaixando a cabeça e começando a chorar. Logo depois perguntei se ele tinha fome. Rick levantou a cabeça e disse ‘Muita’.

Estendi a mão e o ajudei a ficar de pé.

 

Depois me apresentei a Rick e expliquei que trabalho neste estabelecimento e que ficariamos felizes em servi-lo. O levei até sua mesa e lhe disse que podia pedir o que quisesse, sem se preocupar com dinheiro. Ele ficou tão agradecido…

 

Ele contou que era de Ohio e que tinha sido atropelado por um carro, mas não podia ir pro hospital já que não tinha documentos para provar sua identidade. Ele me mostrou uma medalha em que estava gravada uma frase da Epístola aos Filipenses 4:13 (“Tudo posso naquele que me fortalece” – nota da redação.) Ele me confessou que esta era a única coisa que ele possuía.

 

Depois de comer, ele me jurou que jamais esqueceria meu nome, nem meu rosto e a esperança que lhe dei. Perguntei se podíamos tirar uma foto juntos, e ele concordou. Depois tirou da jaqueta um pequeno pente do bolso e arrumou a barba. Isso foi tão meigo. Quando estava por sair, tirou a medalha do pescoço e me entregou. Eu fiquei como num sonho, e parece que ainda estou impressionada. Este homem me presenteou a única coisa que ele guardava de valor. Parece que sempre estarei em dívida com ele…

 

Nunca vou esquecer de Rick e o tempo que passamos juntos. Por favor, façam o bem. Sempre ajudem a todo aquele que possam ajudar, sem exigir nada em troca.

Se não for dificil para vocês, difundam esta nota como uma pequena recordação. Assim poderemos estar cientes de Rick e outros moradores de rua que precisem de ajuda. Tenham um ótimo dia!”

Que moça misericordiosa e bondosa! Depois de ler estas histórias vemos que a humanidade ainda não está perdida. Se você ficou satisfeito com o ato de Morissa, curta este artigo e compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

Comentarios

comentarios

Curtiu este post? Então clique aqui:

Você também pode gostar